Archive :

300º Poema da Semana | 02mai2022

Mãezinha, Nossa Vó Mãezinha, minha vó, criava cabras plantava verdura no girau Mãezinha, minha vó, mãe de minha mãe criava […]

293º Poema da Semana | 14mar2022

Cidade (…) Embora houvesse franco incentivos aos estudos, por medida de segurança, obstruíam-se eventuais projetos formulados por Pesquisadores (“aqueles tipos […]

292º Poema da Semana | 07mar2022

de um outro sertão, a se rastrear penetrar veredas por entre lapsos tipográficos: terreno agreste, um impresso rareado em claros […]

O 10 dos 14

Wilberth Salgueiro fez do soneto seu campo de jogo. Aí vai tocando e lançando cada palavra, armando as maiores jogadas. […]

284º Poema da Semana | 04out2021

Estudante A pessoa recebe educação, se esforça, estuda, aprende, escuta, compreende, soergue-se ante a miséria, se compadece com o povo. […]

282º Poema da Semana | 20set2021

O cliente do personal Íntegro, dedicado e responsável pelo ofício que abraçou, Padre Porfírio era aclamado ao final da missa […]

280º Poema da Semana | 06set2021

Narciso em férias (…) Nenhum deles usava farda ou qualquer outro signo exterior que revelasse sua função. Tampouco a caminhonete […]

277º Poema da Semana | 05jul2021

Projeto para a construção de uma casa (…) Uma relação quase umbilical. Vejo-me como um feto boiando deliciosamente dentro de […]

276º Poema da Semana | 28jun2021

antipoema pra porra co’ lirismo! poesia concreta é teu pau ereto por entre minhas gretas e becos *Nina Rizzi_1983-_Quando vieres […]

275º Poema da Semana | 21jun2021

Intravasamento – As células cancerígenas invadem [o circuito midiático] e passam através das paredes [de concreto branco] dos vasos sanguíneos […]

269º Poema da Semana | 10mai2021

Prisão, o labirinto (…) Repletos de indignação, os olhos fixos do sacerdote encaravam o interrogador. Nada mais perturbador para um […]

254º Poema da Semana | 18jan2021

XIV. (…) Ainda não lhe disse o mais importante, coronel. Nosso objetivo é ambicioso, de dimensão estratégica. Não se trata […]

Encurralada: converso pra boi mugir

  Livro: Encurralada – converso pra boi mugir (2020) Versos: Pedro Marques Desenhos: Carol Betioli Dueto: Fábio Martinelli Casemiro Projeto […]

cante.com

TUDO ESTÁ NA CANÇÃO. 1. Ó, abre alas (1900), cante com Chiquinha Gonzaga oh, abre a mala que eu quero […]

Meu coração é um morteiro

                                                      Um que se perdeu dos oitenta Meu coração é a Mina que gesta a morte no ventre da terra […]

Coronha-Vírus

18 mai. 2020 19 mai. 2020 20 mai. 2020 21 mai. 2020 22 mai. 2020 23 mai. 2020 24 mai. […]

Tempo sem conta

O relógio marca o tempo de divisas e doenças. Na pilha de empilhar notas, a gente, mais em conta que […]

239º Poema da Semana | 16mar2020

Cola em mim Queria grudar em ti. Ficar tão junto a ponto de nunca precisar partir. *Natália Nogueira_1999-_Colecionando partes de […]

Catinga de Roda

CATIRA DO POETA BARRASCOSO COM O CAIPIRAÇO. NERVO DIDÁTICO CONTRA A FOSSA QUE DESGOVERNA. 1. Mano Fábio Casemiro, se aprochega […]

Uma novena de saques (2013-2019)

(…) Ao Néscio que Desgoverna Félix Xavier (16??-17??), Oração acadêmica em que se discute esta questão curiosa: qual foi o […]

227º Poema da Semana | 16set2019

Desconcerto Vasculhou todo o perímetro, Centímetro por centímetro, Atento, com medo de perder detalhes. Admirou e encontrou, entre curvas e […]

226º Poema da Semana | 09set2019

Motorista padrão Meu pai dirigiu a vida de forma profissional. Sempre prudente, aposentou por passar dos oitenta. *Márcio Batista_1965-_Meninos do […]

Eu sou uma ideia

  Eu sou uma ideia na sua cabeça Sou uma ideia no seu coração Sou uma ideia – não me […]

Na carreira do mal de bem

1. Pra falar bem a verdade na carreira do Divino, nesta terra tem carreira de sucesso repentino, quem apalpa o […]

Continuação

  Dentro do espelho vejo minha imagem sã Não avisto minha imaginação Só o pulsar do cabelo e rosto molhado […]

219º Poema da Semana | 25jun2019

Os Miseráveis ‎Vítor nasceu no Jardim das Margaridas. Erva daninha, nunca teve primavera. Cresceu sem pai, sem mãe, sem norte, […]

Tempo em transe: Humberto Pio

Coágulo (2019), de Humberto Pio (1972-), tenta estancar a corrente sanguínea das eras, salvar o sopro que definha desde o […]

Sá Pedro: o brotar dos sentidos

Sá Pedro (1977-), que se chama Rodrigão, cujo nome é Chocolate, Negrão, aliás Rodrigo Sá Pedro, lança agora seu primeiro […]

ABC do Capetão Twittitica

A Adélio me tacou a faca, felizmente não foi o martelo. Amazônia for sale by Salles. Arma minha, fuzil que […]

215º Poema da Semana | 29abr2019

Capítulo Dezessete (…) Tio Chico ficou assustado com tantos gritos estranhos que algumas pessoas ali pronunciavam. Tio Chico abriu os […]

212º Poema da Semana | 08abr2019

Global Ida ao coração da treva. Acha-se o mesmo sanduíche, aura flácida de shopping, enjoo de intransitivos: convir, consumir, sumir. […]

210º Poema da Semana | 25mar2019

Umidades Olhou-se beijoquerendo abraços, ofegando ânsias e delícias _______várias entre suspiros e delírios trêmulogemeu um lascivo uivo _______e dançou si […]

209º Poema da Semana | 18mar2019

Promessa para futuros pais (…) Como é diferente a realidade vista de lugares distintos. Muitas das famílias que assimilavam, com […]

207º Poema da Semana | 04mar2019

Cemitério dos vivos (…) A mutilação da cidadania, no entanto, prevalece por ordem da própria legislação brasileira. O Código Civil […]

Aoidos

Aoidos é um software desenvolvido pelo professor Adiel Mittmann em colaboração com pesquisadores do Núcleo de Pesquisas em Informática, Literatura […]

Epístola a Epaminondas

Arqui-estimado Epaminondas, mudo heterônimo contra a onda de afirmar a voz do poeta como firma. Difícil achar uma nova que […]

204º Poema da Semana | 31jul2018

Abandono é sem querer que na vida tornamo-nos especialistas na arte do abandono pessoas, lugares, sentimentos são gotículas lindas lentamente […]

Que mentira foi essa?

1. O Primeiro de Abril é o Dia do Brasil; do país dobrabil, do anão sem til. 01abr2018 2. “Desce […]

195º Poema da Semana | 06mar2018

elogio do fracasso bye bye mecenas que eu nunca vi patronos bancos prizes marmeladas adiós muchachas _________ninfas depiladas iates vulvas […]

193º Poema da Semana | 20fev2018

Mão morta ofereço a mão morta em espetáculo; a mão cadáver, que dança involuntária e desengonçada quando a rua chacoalha; […]

188º Poema da Semana | 16jan2018

Amanhã seremos anjos Dúvidas todos temos alguma vez na vida. Hesitamos como tantos outros para resolver nossos enigmas. Saber tanto… […]

Um Saque

Anal à inglesa Vicente do Salvador, “Capítulo XIX – De três naus inglesas que neste tempo vieram à Bahia”, Livro […]

186º Poema da Semana | 03jan2018

Latência Teu olhar-contorno desenhou meus seios e desceu em floreios até os meus quadris. Teu olhar-palavra dizia desejo mas os […]

Dois Saques

Corpo místico José de Anchieta, carta Ao Padre Geral, de São Vicente, ao último de maio de 1560 Que direi […]

Trovar punk

1. Punhetinha quando nasce, se esparrama pela mão; poetinha quando grita, faz trovão no cuecão. 04jul2017 2. Decretada a Lei […]

183º Poema da Semana | 06jun2017

Quarto azul Tenho certeza de que escreves esmagando formigas tristes, tua vontade de sentir saudades de algum avô, duas chaves, […]

182º Poema da Semana | 31mai2017

  Prepara atentamente o magistério em fontes, pelicanos e atanores, e acede cuidadoso ao ministério com ácidos, solventes e liquores. […]

Cena Absurdo

  A loção salta do vidro francês made in Algeria, bate o bigode americano made in Mexico, rebate o espelho […]

Temerosas Decimais

1# SUPER-VILÃO DE PUTARIA No Brasil jamais se viu quem se desse bem sem cunha, quem não tucanasse a unha, […]

O Leminski gelado de Gessner

Paulo Leminski costuma ser aquele das cores quentes. Que aquece o rosto do leitor com riso inteligível. Conforta nossa cabeça […]

Conversa que dá coco

  Queria ver Você viver no meu lugar Você deitar sem de comer Com a lua branca de lençol Queria […]

Janelas

Todo poema pode ser janela. Chegar é fácil. Poemas se oferecem em páginas, cantam em fones, falam em telas. Abrir […]

145º Poema da Semana | 09jun2015

  preto preto___um jato preto preto___um óleo preto preto___um fato preto preto___petróleo___nosso _________________ nosso _________________ nosso _________________ nosso _________________ nosso […]

144º Poema da Semana | 02jun2015

Vou-me embora pra Passa Quatro Vou-me embora pra Passa Quatro. Lá passa o tempo passarinhada passariúva passagente passeata passacale passamudo […]

140º Poema da Semana | 05mai2015

Fósseis e estrelas Escavando o solo encontramos fósseis: vértebras de mamíferos extintos há milhões de anos; um senador romano debruçado […]

Teoria do Soneto

Em línguas vernáculas, o soneto é forma complexa de se dominar e manejar. Poder de síntese filosófica e grade métrica […]

Carta Campinas II

assbook minha droga, meu trabalho sete dias sem pc, telefone ou mundo sem tremer por ser inútil as cabras pastaram […]

137º Poema da Semana | 07abr2015

Patinho feio 2 Se me perguntarem, não sei, mas sinto que me olham como intruso. Não sou desta república. ______________Atravesso […]