Archive :

Tempo sem conta

O relógio marca o tempo de divisas e doenças. Na pilha de empilhar notas, a gente, mais em conta que […]

239º Poema da Semana | 16mar2020

Cola em mim Queria grudar em ti. Ficar tão junto a ponto de nunca precisar partir. *Natália Nogueira_1999-_Colecionando partes de […]

Catinga de Roda

CATIRA DO POETA BARRASCOSO COM O CAIPIRAÇO. NERVO DIDÁTICO CONTRA A FOSSA QUE DESGOVERNA. 1. Mano Fábio Casemiro, se aprochega […]

Uma novena de saques (2013-2019)

(…) Ao Néscio que Desgoverna Félix Xavier (16??-17??), Oração acadêmica em que se discute esta questão curiosa: qual foi o […]

227º Poema da Semana | 16set2019

Desconcerto Vasculhou todo o perímetro, Centímetro por centímetro, Atento, com medo de perder detalhes. Admirou e encontrou, entre curvas e […]

226º Poema da Semana | 09set2019

Motorista padrão Meu pai dirigiu a vida de forma profissional. Sempre prudente, aposentou por passar dos oitenta. *Márcio Batista_1965-_Meninos do […]

Eu sou uma ideia

  Eu sou uma ideia na sua cabeça Sou uma ideia no seu coração Sou uma ideia – não me […]

Na carreira do mal de bem

1. Pra falar bem a verdade na carreira do Divino, nesta terra tem carreira de sucesso repentino, quem apalpa o […]

Continuação

  Dentro do espelho vejo minha imagem sã Não avisto minha imaginação Só o pulsar do cabelo e rosto molhado […]

219º Poema da Semana | 25jun2019

Os Miseráveis ‎Vítor nasceu no Jardim das Margaridas. Erva daninha, nunca teve primavera. Cresceu sem pai, sem mãe, sem norte, […]

Tempo em transe: Humberto Pio

Coágulo (2019), de Humberto Pio (1972-), tenta estancar a corrente sanguínea das eras, salvar o sopro que definha desde o […]

Sá Pedro: o brotar dos sentidos

Sá Pedro (1977-), que se chama Rodrigão, cujo nome é Chocolate, Negrão, aliás Rodrigo Sá Pedro, lança agora seu primeiro […]

ABC do Capetão Twittitica

A Adélio me tacou a faca, felizmente não foi o martelo. Amazônia for sale by Salles. Arma minha, fuzil que […]

215º Poema da Semana | 29abr2019

Capítulo Dezessete (…) Tio Chico ficou assustado com tantos gritos estranhos que algumas pessoas ali pronunciavam. Tio Chico abriu os […]

212º Poema da Semana | 08abr2019

Global Ida ao coração da treva. Acha-se o mesmo sanduíche, aura flácida de shopping, enjoo de intransitivos: convir, consumir, sumir. […]

210º Poema da Semana | 25mar2019

Umidades Olhou-se beijoquerendo abraços, ofegando ânsias e delícias _______várias entre suspiros e delírios trêmulogemeu um lascivo uivo _______e dançou si […]

209º Poema da Semana | 18mar2019

Promessa para futuros pais (…) Como é diferente a realidade vista de lugares distintos. Muitas das famílias que assimilavam, com […]

207º Poema da Semana | 04mar2019

Cemitério dos vivos (…) A mutilação da cidadania, no entanto, prevalece por ordem da própria legislação brasileira. O Código Civil […]

Aoidos

Aoidos é um software desenvolvido pelo professor Adiel Mittmann em colaboração com pesquisadores do Núcleo de Pesquisas em Informática, Literatura […]

Epístola a Epaminondas

Arqui-estimado Epaminondas, mudo heterônimo contra a onda de afirmar a voz do poeta como firma. Difícil achar uma nova que […]

204º Poema da Semana | 31jul2018

Abandono é sem querer que na vida tornamo-nos especialistas na arte do abandono pessoas, lugares, sentimentos são gotículas lindas lentamente […]

Que mentira foi essa?

1. O Primeiro de Abril é o Dia do Brasil; do país dobrabil, do anão sem til. 01abr2018 2. “Desce […]

195º Poema da Semana | 06mar2018

elogio do fracasso bye bye mecenas que eu nunca vi patronos bancos prizes marmeladas adiós muchachas _________ninfas depiladas iates vulvas […]

193º Poema da Semana | 20fev2018

Mão morta ofereço a mão morta em espetáculo; a mão cadáver, que dança involuntária e desengonçada quando a rua chacoalha; […]

188º Poema da Semana | 16jan2018

Amanhã seremos anjos Dúvidas todos temos alguma vez na vida. Hesitamos como tantos outros para resolver nossos enigmas. Saber tanto… […]

Um Saque

Anal à inglesa Vicente do Salvador, “Capítulo XIX – De três naus inglesas que neste tempo vieram à Bahia”, Livro […]

186º Poema da Semana | 03jan2018

Latência Teu olhar-contorno desenhou meus seios e desceu em floreios até os meus quadris. Teu olhar-palavra dizia desejo mas os […]

Dois Saques

Corpo místico José de Anchieta, carta Ao Padre Geral, de São Vicente, ao último de maio de 1560 Que direi […]

Trovar punk

1. Punhetinha quando nasce, se esparrama pela mão; poetinha quando grita, faz trovão no cuecão. 04jul2017 2. Decretada a Lei […]

183º Poema da Semana | 06jun2017

Quarto azul Tenho certeza de que escreves esmagando formigas tristes, tua vontade de sentir saudades de algum avô, duas chaves, […]

182º Poema da Semana | 31mai2017

  Prepara atentamente o magistério em fontes, pelicanos e atanores, e acede cuidadoso ao ministério com ácidos, solventes e liquores. […]

Cena Absurdo

  A loção salta do vidro francês made in Algeria, bate o bigode americano made in Mexico, rebate o espelho […]

Temerosas Decimais

1# SUPER-VILÃO DE PUTARIA No Brasil jamais se viu quem se desse bem sem cunha, quem não tucanasse a unha, […]

O Leminski gelado de Gessner

Paulo Leminski costuma ser aquele das cores quentes. Que aquece o rosto do leitor com riso inteligível. Conforta nossa cabeça […]

Conversa que dá coco

  Queria ver Você viver no meu lugar Você deitar sem de comer Com a lua branca de lençol Queria […]

Janelas

Todo poema pode ser janela. Chegar é fácil. Poemas se oferecem em páginas, cantam em fones, falam em telas. Abrir […]

145º Poema da Semana | 09jun2015

  preto preto___um jato preto preto___um óleo preto preto___um fato preto preto___petróleo___nosso _________________ nosso _________________ nosso _________________ nosso _________________ nosso […]

144º Poema da Semana | 02jun2015

Vou-me embora pra Passa Quatro Vou-me embora pra Passa Quatro. Lá passa o tempo passarinhada passariúva passagente passeata passacale passamudo […]

140º Poema da Semana | 05mai2015

Fósseis e estrelas Escavando o solo encontramos fósseis: vértebras de mamíferos extintos há milhões de anos; um senador romano debruçado […]

Teoria do Soneto

Em línguas vernáculas, o soneto é forma complexa de se dominar e manejar. Poder de síntese filosófica e grade métrica […]

Carta Campinas II

assbook minha droga, meu trabalho sete dias sem pc, telefone ou mundo sem tremer por ser inútil as cabras pastaram […]

137º Poema da Semana | 07abr2015

Patinho feio 2 Se me perguntarem, não sei, mas sinto que me olham como intruso. Não sou desta república. ______________Atravesso […]

127º Poema da Semana | 06jan2015

“Laissez-ferre” Profundamente anticapitalista renego – com todo meu ser – a monogamia: esse perverso estado monopolista de todas as neuroses […]

Profissão poeta

Últimas Cigarras deu a Olegário Mariano a fama definitiva e o epíteto de “poeta das cigarras”. De todas suas coletâneas, […]

Carta Campinas I

Neste Natal, dê poetas Descolar a barba, a neve de algodão A decoração, a gente, a paisagem é uma coroa […]

125º Poema da Semana | 16dez2014

Canção praiana Impossível compor um poema entre meio-dia e quatro horas da tarde. A última possibilidade de poesia esgotou-se com […]

Última valsa de Elis

  Foi, nascida estrela De grandeza Sul Chegou na vida Um arrepio nu Riscou a voz Chovendo girassóis Foi, crescida […]

Canção 3D

Canção: dos oceanos da cultura brasileira. Sons de correntes, mares, línguas ao vento, pés na terra. Rascunhos urbanos, como Olinda […]

Vias de Encontro

  A avenida do encontro Está nas ruas livres, nos cantos Na alameda dos botecos Praça dos bumbuns inquietos Na […]

100º Poema da Semana | 18fev2014

Anna Cílios regados, pestanas tristes. Acabou chorare. Queres um afago, na imensidão do abraço? Vem, menina! Te aninha… Tristeza tanta […]

97º Poema da Semana | 28jan2014

confetes ausentes ele queria nadar no corpo dela tirar aquele vestido de bolinhas e mergulhar imenso, hoje, ou vê-la caminhando […]

94º Poema da Semana | 07jan2014

Monjoloelétrico Trago no cérebro monjolelétricos: Fusão de Minas com a modernidade, Fusão de fios em engenho tosco. Em todo ponto […]

91º Poema da Semana | 17dez2013

Gaivotas Gaivotas suaves encurvam o horizonte mesclando verde e azul no seu voo. Suas asas interrogam no infinito com improvisados […]

Sabor interior

Paulista ainda traga, cospe e passa o pé? Orgulho da caminhonete, tara por shopping e “modernidade” fizeram São Paulo exportar […]

87º Poema da Semana | 19nov2013

Manuscrito Uma guardava toda sua poesia no lábio superior Uma guardava toda sua poesia no olhar displicente Uma guardava toda […]

83º Poema da Semana | 22out2013

Antônio de Gouveia, clérigo em Pernambuco (circa 1570) padre do ouro, nigromante, versado em magia e minas, veio ao Brasil […]

81º Poema da Semana | 08out2013

África Assoviando uns sons estranhos Um café ardendo no peito Já meio distraído de tudo Qualquer guitarra me agrada Qualquer […]